segunda-feira, 18 de maio de 2009

Faz hoje um mês...

Olá pessoal.
Pois é...
Faz hoje um mês do dia em que coloquei em prática uma das mais difíceis decisões.
Faz hoje um mês que a Lu começou a ir para a ama.
Faz hoje um mês que o meu coração ficou mais pequenino e apertadinho todos os dias enquanto trabalho.
Faz hoje um mês que tenho mais tempo e tranquilidade para trabalhar e que quando vem comigo para a Loja me atrapalho toda enquanto tomo conta dela e atendo ao mesmo tempo.
Faz hoje um mês de incerteza... sim, até hoje não me convenço que fiz a coisa certa. Apenas que fiz o que era preciso.

O mês passou e a Lu continua a chorar assim que vê a porta do prédio. Mas está melhor. Assim que saímos e se fecha a porta, para de chorar e vai, ao colo da ama, para a porta ver-nos a dizer adeus. Praticamente não sai do colo dela para nada, o dia inteiro mas vê-se que gosta dela. Só não me preocupo demais com esse mau hábito porque em casa e na Loja, a Lu não para um segundo sempre a andar de um lado para o outro e quase nunca pede colo.
Também come muito bem com ela - o que não faz comigo e com o papá.

É verdade... a vida é assim, altos e baixos, positivo e negativo. Uma coisa é certa, não podemos proteger os nossos filhos de todas as adversidades porque, quando forem mais velhos não estão preparados para a vida e tudo e todos que os rodeiam.

Mas lá que custaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa, ai isso custa e muito!!!!

5 comentários:

Paula disse...

São decisões tramadas que nos deixam a pensar e repensar o que é melhor para eles. Mas o importante é que tenhas confiança na pessoa com quem ela fica. Ela acaba por se habituar e está lá muito bem, com certeza.~
Bjs

MyStar's disse...

o que ainda me faz pensar 2 vezes em ir trabalhar ou nao é exactam,ente deixa lo com uma desconhecida.... Tenho exactamente essas incertezas e muito mas mt medo...

Rosa Maria disse...

Eu ainda não tive coragem para isso... lá vou pedindo à minha mãe para ficar com ele quando tem meeeesmo de ser.

Luciana Pessanha Pires disse...

Querida, sei como é difícil deixar nosso bebê e sair para o trabalho. Mas faz parte da vida da mulher 'moderna'. Trabalhamos, desempenhamos mil papéis. Não é fácil.
Beijo e muito carinho

Elanne disse...

Oiiiiiiiiiiii saudadessssss...
Tô aqui de volta , e lendo este post amiga eu sei o quanto dá dor de sair e deixar nossos babys em mãos que não são nossas ,
e você deve estar sentindo mais porque demorou a cortar este vinculo !
Mas é assim Bianca vai fazer quantro anos e até hj me doi olhar pra carinha dela quando saio pra trabalhar ...
mas como voce mesmo disse , tem que ser assim mesmo...
beijos , saudades