domingo, 3 de outubro de 2010

Mais uma estrelinha no Céu


Apesar do sol que ontem se fez sentir, podem ter a certeza que o dia foi muito pior que hoje.
Foi com grande pesar e muita tristeza que ontem fomos acompanhar os papas, Lúcia e Nuno, para levar a sua mais nova princesa à sua última morada. Sim, o pior aconteceu quando quase respirávamos de alívio, e com cerca de 22 semanas de gravidez, o sonho acabou de repente. Não há explicação nem resposta ao porquê que teima em nos castigar a mente. Aconteceu.
A princesa nasceu acabada de se transformar em anjinho, linda, linda, linda, muito parecida ao papá.
Ontem esteve sempre com a mama, papá, avó materna (a avó paterna ficou a tomar conta das manas), e algumas tias "emprestadas" bem como a ama das manas que também perdeu o seu único filho com 18 anos numa doença fulminante há pouco tempo.
Foi decidido pelos papas que se ia juntar o mano Daniel (anjinho há cerca de 3 anos) e que iam ficar juntos para sempre. Assim se fez. Foi muito difícil para a mamã e para o papá, a mamã está desolada e não se pode deixar ir abaixo porque tem duas princesas para cuidar. O papá tem sido muito forte e tem estado sempre do lado da mamã a ajudar o mais que pode, mas não sei quem lhe apara o sofrimento.
Espero que o tempo ajude a mamã a ter forças. Sabemos que ela é uma Mulher muito forte mas, acima de tudo é mãe e agora de mais um anjinho. Com certeza um sofrimento muito grande.
Desculpem os "eufemismos" mas não consigo usar os termos certos sobre um bebe tão inocente que não teve oportunidade de sentir calor, frio, fome, sede, amor, alegria, tristeza, enfim... que não teve oportunidade de viver.
Deixo um grande beijo aos papas da princesa e espero que o sol rapidamente volte a brilhar.

4 comentários:

gaiatA disse...

Fico muito triste ao saber desta triste notícia :(

Podes-me deixar o nr de tlm dela num post ? eu depois apago.. g0stava de lhe dar um beijinho.

Obg p0r nos vires avisar *

milah disse...

Que tristeza...

Pensava mesmo que desta vez seria diferente...
Estou muito, muito triste com esta notícia...
Estou sem palavras...

Mande um abraço meu para ela, e que desejo força para superar mais esta triste perda...

Sei que as nossas palavras não são suficientes para consolá-la, mas saber que há pessoas que se importam com nosso sofrimento e que sofrem conosco com certeza alivia um pouquinho... (Isso digo por experiência própria)
O amor que une esta família há de vencer mais esta dor...

Susana Pina disse...

Fiquei sem palavras...infelizmente conheço de perto a dor destes pais, pois também eu sou mãe de 2 anjinhos de 22 semanas.
Não devia ser permitido levarem os nossos bebés, não sei porquê, porque é que tantos pais têm que perder os seus filhos...que vida cruel, injusta.
Deixo um bj muito grande a estes pais para que consigam ultrapassar este momento de grande dor.
Um bj para ti amiga, e obrigada pelo teu carinho sempre presente no meu cantinho
Susana

Geovana disse...

oi querida nossa que tristeza viu, sem palavras, não existe dor maior que perder um filho..sinto muito ah essa tua amiga...bjs