quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Do céu ao Inferno!!

Hoje tem sido um dia em que os meus sentimentos andam a beirar o céu e o inferno ao mesmo tempo. Estou aqui sentada, finalmente agora na tranquilidade e parece que levei uma tareia,só me apetece chorar e o meu coração está pequenino e muito apertado.
Pois tudo começou de manhã, na confusão do costume em que, deveria chegar à loja às 11:30 mas nunca chego, nunca consigo despachar-me e chegar a horas, o que significa que ando sempre a correr sem tempo para mais nada.
Pois esta manhã estava com o telefone sem bateria e o meu marido recebeu uma mensagem da minha amiga que ajuda a Ashan a pedir para lhe ligar. Paralelamente estava muito aflita para ligar à minha grande amiga João que iria dar entrada hoje no hospital para ter a sua bebé, minha querida sobrinha emprestada".
E eu só pensava...: "agora não posso, tenho que correr, já ligo".
Pois foi só quase às 13 que liguei para a minha amiga (da Ashan) que me pediu se podia ir ao hospital busca-las que a menina finalmente ia vir para casa. Respondi claro que sim e, antes de saír liguei à minha amiga João que, estava superrrrrrrrrr nervosa e que já estava a soro e ia para cesariana. Cesariana???? Sim, a tensão dela estava super alta e a médica preferiu. Estava prevista para ir por volta das 14. Desejei-lhe muita sorte, pedi para me avisar assim que pudesse e lá fui eu, com a Lu a dormir na cadeirinha atrás de mim, rumo ao hospital. A mãe da Ashan hoje estava linda demais, com aqueles trajes que elas vestem, mas muito bonita mesmo e a princesa Ashan estava maravilhosa, mesmo com a sonda (que a acompanhará sempre) estava mesmo linda e crescidinha. Engordou mesmo desde a última vez que a vi e está linda. Comentei com elas que estava a ter um Dejávu. Parecia o dia que as fui buscar ao hospital a primeira vez, aquando o nascimento da menina, há pouco mais de 5 meses. A menina era linda, a mãe também, e estava um lindíssimo dia de sol, os ânimos estavam todos positivos, tal e qual como naquele dia. Assim fomos rumo a casa. Quando estava a chegar estava a pensar pedir se elas não se importavam de ir à bomba por gasolina porque estava na reserva e tenho sempre medo de ir sozinha por causa da Lu (tenho que tira-la da cadeirinha para ir pagar, voltar a senta-la, porque tenho medo da porcaria do car jacking) mas pensei que não, não podia pedir uma coisa dessas, que o pai da menina estava à espera dela em casa e não podia pedir tal coisa e pensei colocar mais tarde quando estivesse com a Gabi. Pois bem, deixei-as à porta de casa e arranquei para a loja, ia bem devagar numa zona de obras e com um Sr. a pisar ovos à minha frente, quando me liga a minha amiga a chorar, a pedir para voltar para trás que a menina não estava a respirar. A partir daí podem imaginar o desespero, a agonia e a aflição. Os poucos minutos que demorei a chegar a eles foram de desespero puro a imaginar o que se estava a passar, quando cheguei saltaram todos para dentro do carro, a mãe foi o caminho todo a fazer respiração boca a boca, eu com os 4 piscas ligados a acelarar o mais possível e tentar não me passar com as pernas a tremer que nem varas verdes, o pai desesperado ao meu lado, a rezar. Vocês podem imaginar. Cheguei rápido ao hospital mas estes cerca de 10 min pareceram horas de puro horror dentro daquele carro. A menina ficou internada novamente e demorou cerca de meia hora para estabilizar. Valeu a coragem, a força e a rapidez de reacção da minha amiga que iniciou a respiração e da mamã que foi o caminho todo a fazer. Meu Deus do céu. Bem sabemos que a hora chegará em breve, mas passar por aquele momento é o terror puro que não desejo a ninguém e o sofrimento que aqueles pais passam... Pior. O pai dela, único sustento do lar, foi despedido ontem porque deu muitas faltas para acompanhar a filha. Nunca entregou justificações porque o encarregado anterior dizia não ser necessário e não se defende porque não fala quase nada de Português. Peço constantemente a Deus e a Nossa Senhora de Fátima, que acompanhem Ashan nesta hora e que de alguma forma menorizem o seu sofrimento.
Agora estou de ressaca, péssima, com uma grande dor de cabeça, desesperada à espera de notícias da minha amiga João que não diz nada. A menina já deve ter nascido e eu não quero incomodar, mas ela não diz nada...
Bem, desculpem o testamento mas eu tinha que desabafar...
Quando souber novidades faço uma adenda
beijo muito grande a todas
Adenda: A princesa Madalena (ser os papás não mudaram de ideias) já nasceu. Tem 2913Kg e segundo a mãe, é linda. Correu tudo bem. Depois conto mais

10 comentários:

Gislene disse...

Olá, tem selinho pra vc lá no blog!!! Bjos.

milah disse...

Oh minha querida... entendo seus sentimentos. É mesmo muito difícil quando acompanhamos assim de perto um caso tão triste como o de Ashan... Imagino o que passou nesta tarde, o desespero por socorrer a bebê, além de poder sentir o sofrimento dos pais...
Daqui imagino a situação desta família e não há muito o que se fazer senão pedir a Deus que minore o sofrimento deles...
Mas quando estamos sofrendo (falo por minhas próprias experiências) vemos Deus agir através das pessoas que nos apoiam. Vemos Deus agir através da mão amiga que se estende para nós. Alguém que faz o que não podemos fazer naquele instante é um instrumento de Deus... Como tem sido você e sua amiga na vida desta família. Ainda que pense que é muito pouco o que pode fazer, o que tem feito por eles vem de Deus. Pode ter certeza de que eles sentem isso. Como um dia eu senti, por quem pode fazer pelo meu bebê (que se foi) o que eu naquele momento não tinha condições de fazer...
De maneira alguma estou comparando o sofrimento deles ao que um dia eu tive, apenas digo que sei como é importante toda a ajuda que alguém nos dá em um momento difícil.
Continuarei pedindo a Deus por eles...
Beijos e que Deus console também o seu coração.

Edneia disse...

Ola querida, tem selinhos para voc~e la no meu blog.

Beijos

Olinda Dinis disse...

Que grande aflição amiga :S
Admiro-te muito por estares a ajudar essa familia, meu deus o que eles devem estar a sofrer...
Beijinho

Maria José disse...

Passei só para te deixar um grande beijinho.

Maria José disse...

Amiga passei só para te deixar um grande beijinho.
ès linda sabias

Geovana disse...

oi querida que aflição lendo o teu post...mas Se DEUS quizer tudo vai ocorrer bem...essa amizade é muito linda parabens, a gente sente que voce é uma pessoa muito boa...beijinhos pra familia toda.

Sara disse...

Poes-me sempre de lagrima no olho quando falas da Asham... q sofrimento.

Sammy e Mama disse...

Oh meu Deus!
QUE HORROR!!!

Imagino a tua aflicao e a dos pais.Meu Deus!:(
POrque sera que a vida e tao injusta?:(

Peco a Deus por um milagre. O milagre desta bebe inocente,que viva muitos aninhos e que a saude volte..muita!

Es uma boa amiga!
Que Deus olhe por ti tambem e pelos teus pelo coracao que tens!

Beijinhos enormes e Parabens pelo nascimento da Madalena.

Filipa disse...

Li este teu post com o coração apertado ... e lamento sinceramente tão triste situação. Há situações na vida pelas quais ninguém deveria passar!Imagino a aflição por que todos passaram!!

Um grande beijinho para ti e parabéns pela tua coragem, colaboração, dedicação e empenho ao tentares minorar a dor dessa família!!!